Gestores debatem soluções para cemitérios municipais

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho vai realizar um estudo técnico nos cemitérios do município. O objetivo é implementar melhorias. Nesta segunda-feira (04/12), o assunto foi discutido entre representantes das Secretarias Executiva de Limpeza Pública, Assuntos Jurídicos, Meio Ambiente e de Serviços Públicos.

De acordo com a secretária Executiva de Meio Ambiente, Lúcia Escorel, uma das questões a ser averiguada é a destinação de resíduos existentes. “Restos de madeira, metais e tecidos são alguns desses materiais que precisam de um destino ecologicamente correto, além da organização do ossuário”, explica.

O engenheiro sanitarista e ambiental da Secretaria de Serviços Públicos, Harley Belo, ressaltou os cuidados com o solo, já que as covas rasas causam a contaminação. “Por isso a Prefeitura fará um estudo nos locais para verificar as operações necessárias”, informa.

O Cabo possui ao todo, cinco cemitérios ativos: O cemitério de Nazaré, datado do século 18, sendo ele histórico; o cemitério de São José, no Centro; o cemitério de Santo Estevão e o cemitério “Velho” em Ponte dos Carvalhos; e o cemitério de Jussaral. Ao todo são aproximadamente um milhão de metros quadrados de área de cemitério.

Ouça a matéria

Texto: Sidney França – Secom/Cabo
Áudio: Uanderson Melo

2017-12-05T15:55:08+00:00