Grupo SOMOS realiza palestra para professores da educação infantil

Investir no ensino da Educação Infantil é a base para o sucesso dos anos de aprendizado posteriores, educação fundamental e médio. Por acreditar nessa afirmação, a Secretaria de Educação, através da coordenação de Ensino Infantil, promoveu na manhã desta sexta-feira (13/04), no auditório do CAM 1 – Torrinha, uma palestra sobre livros que apoiarão o ensino infantil no Cabo de Santo Agostinho.

A palestra foi realizada pela professora Cintya Leal, e Adriane Tunes, assistente pedagógica, ambas do Grupo SOMOS EDUCAÇÃO (selo das editoras Saraiva, Scipione e Atual), que na ocasião apresentaram aos professores os livros e as orientações em módulos da Coleção Vira e Mexe, livros didáticos que serão incluídos ao longo do ano letivo de 2018, gradativamente.

“Reunimos neste dia representantes de todas as escolas e rede conveniada de ensino teórico da primeira infância para que possamos resgatar a importância do brincar e aprender com professores que planejam adequadamente suas aulas de acordo com faixa etária e objetivos específicos”, afirmou a coordenadora para Educação Infantil, Gildete Paulina.

Outro parâmetro discutido na palestra foi a importância da participação da família na vida escolar das crianças, pois o círculo social é parâmetro de modelo que naturalmente seguimos. É importante que a escola mostre que a influência dos eletrônicos não representa avanço no quesito educação, pode auxiliar o aprendizado, mas não pode se restringir a esse recurso.

Na prática, a internalização do aprendizado é feita através da participação nas brincadeiras e contato com diversas atividades infantis onde se estabelece as regras sociais e a criança é estimulada a observar, organizar o pensamento, registrar e relatar, todo esse processo que auxilia na oralidade e na comunicação.

“Gostei muito da proposta. É minha primeira experiência com livros na educação infantil, porém vem para somar com a experiência e facilitar para ter ganhos com esse subsídio”, disse a professora da Escola Municipal Maria Tereza Menezes de Oliveira, Queline Luiza, que há dois anos atua na rede municipal de ensino.

Ouça a matéria

 

Texto: Eva Pareira – Secom/Cabo
Áudio: Tonny Silva
Foto: Eder Matias

 

2018-04-16T11:37:56+00:00