Estrutura para shows do Festival de Verão começa a ser montada em Itapuama

Estrutura_do_festival_RandyAugustoOs preparativos para o Festival de Verão do Cabo de Santo Agostinho, que vai acontecer entre os dias 30 de janeiro e 02 de fevereiro, já iniciaram. Nesta quarta-feira (15/01), a estrutura metálica que vai abrigar dois palcos começou a ser montada no largo do calçadão da praia de Itapuama. A Prefeitura Municipal, organizadora do evento, também iniciou uma manutenção na área.

Estrutura_do_festival02_RandyAugustoEstão sendo feitos serviços de poda, capinação, manutenção da iluminação e limpeza. Nesta tarde, o secretário Municipal de Governo, Luiz Pereira, acompanhado de técnicos da Secretaria de Cultura e Lazer, acompanhou o início dos trabalhos e conversou com alguns membros do Comitê Cabo de Força, formado por lideranças das praias do município, explicando a finalidade do festival. “Este é um grande evento, que vai acontecer durante quadro dias e trará atrações nacionais para o nosso litoral, e o nosso maior objetivo é movimentar a economia local e iniciar um novo ciclo de eventos nas praias, favorecendo o turismo da região”, comentou Luiz Pereira.

“A expectativa é de que circulem 50 mil pessoas em todos os dias do festival, e isso vai movimentar o comércio e a rede hoteleira, além de uma oportunidade para os barraqueiros da orla, que também serão beneficiados”, acrescentou Luiz Pereira. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José Severino Belo, e o assessor de Indústria e Comércio da prefeitura, Paulo Caminha Junior, também estiveram presentes.

Estrutura_do_festival03_RandyAugusto

O blogueiro Josias Bernardo, 43 anos, que mora em Itapuama há 22, aprovou a ideia. “Essa foi uma iniciativa muito boa, pois um evento como estes vai fomentar a economia local e movimentar o calçadão recém-concluído”, disse ele, que faz parte do Comitê Cabo de Força. Para o artesão Francisco Antônio Almeida, 48, esta pode ser uma boa oportunidade para os que vivem de artesanato na região. “Temos que nos organizar para mostrarmos o nosso trabalho a esse grande número de pessoas”, afirmou o artesão, outro membro do comitê.

Texto: Raíza Muniz – Secom/Cabo

Fotos: Randy Augusto