Grafite_1Espalhar a arte pela cidade. Essa é proposta do prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, para transformar a estética dos bairros e espaços públicos com a linguagem crítica da grafitagem. Em reunião nessa segunda-feira (13/03), com o grupo de grafiteiros do Cabo, secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Moshe Caminha e de Planejamento e Meio Ambiente, Catarina Dourado, o prefeito propôs uma parceria para dar início ao projeto.

Inspirado no Projeto Rebocar (reboco e pintura das moradias), implantado no Alto da Bela Vista na sua gestão em 2005, o prefeito deseja retomar a ideia de transformação. “Queremos valorizar os grafiteiros, através de seus desenhos e mensagens. Essa também é uma maneira de embelezar a nossa cidade”, destacou Lula Cabral.

O Alto da Bela Vista será a primeira comunidade a receber os desenhos. “Será um grande cartão-postal do Cabo”, afirmou o prefeito. A Prefeitura vai buscar parceria para a execução do projeto de grafitagem com empresas fabricantes de tintas. Também irá fazer um trabalho de convencimento junto aos moradores. “É preciso que a comunidade esteja inserida no projeto, permitindo que os grafiteiros façam o trabalho”, revelou o prefeito.Grafite_3

Os trabalhos serão coordenados pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Planejamento e Meio Ambiente. De acordo com a secretária Catarina Dourado, os artistas terão liberdade para criar, contudo os temas proposto por eles deve ter como ponto de partida o município do Cabo. Os bairros da Charneca, São Francisco, Cohab, Ponte dos Carvalhos, entre outros também devem ser contemplados com a arte popular.

“O Alto da Bela Vista é um desafio que estamos dispostos a encarar”, disse o grafiteiro Jonathans Douglas. “A maioria dos grafiteiros está desempregado. E essa iniciativa é uma forma de estimular a nossa arte e nos dar trabalho”, destacou também o artista Di Ferreira.

Texto: Ana Cristina – Secom/Cabo

Fotos: Léo Domingos