Foi dada a largada para o início do ano letivo 2019. Nesta sexta-feira (1º), professores e autoridades municipais estiveram reunidos na quadra da Escola Professor Manoel Davi Vieira da Costa, em Ponte dos Carvalhos.  O evento também contou com a presença do prefeito em exercício, Keko do Armazém e da secretária de Educação, Sueli Nunes.

Cerca de 300 docentes e representantes do Sindicato dos Professores do Cabo de Santo Agostinho (SINPC) prestigiaram a solenidade, que teve como tema “Do conhecimento que liberta ao amor que educa”. A abertura do evento foi dada com a execução do hino nacional brasileiro, e posteriormente a presidente do SINPC, Joseilda Barboza, que discursou para os convidados reunidos no local.

O prefeito em exercício, Keko do Armazém comentou a felicidade e ansiedade para o início do ano letivo de 2019. “Estou muito feliz de estar aqui nesta manhã, pois tenho um compromisso com a educação. Não sou professor, mas estou de mãos dadas com vocês e estamos começando o ano com o quadro de professores completo”, disse. “Ano passado, nossa média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) aumentou e tenho certeza que em 2019 não será diferente, porque é com a educação que conseguimos mudar o cenário do nosso município”, completou Kekp do Armazém.

Na oportunidade, a secretária de Educação, Sueli Nunes, deu as boas-vindas aos docentes. “É uma grande felicidade estar recebendo os colegas, companheiros e professores. Esta manhã ficará eternizada, porque somos nós quem fazemos a história da educação municipal”, comentou ela.

Durante o evento, Keko do Armazém e Sueli Nunes realizaram um bate-papo sobre algumas marcas alcançadas pela educação cabense como a conquista de 285 medalhas, nas olimpíadas de matemática, física e robótica, além da aprovação de 300 alunos de escolas da cidade no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) e também a aquisição de 12 novos ônibus com acessibilidade disponível.

No final do evento, subiu ao palco a mestre em educação e consultora da Fundação Lemann, Creuza Repulho, que conversou de forma descontraída com os professores sobre os princípios da educação e formação dos profissionais.

Texto: Luana Oliveira – Estagiária da Secom/Cabo

Fotos: Léo Domingos