Quarenta homens da guarda municipal realizaram uma operação de abordagem a coletivos, nesta sexta-feira (06/04). A ação fez parte da conclusão do Estágio de Qualificação Profissional (EQP), exigido pela Polícia Federal para as guardas armadas.

A operação aconteceu na PE-60, em frente à Praça 9 de Julho e durante as revistas a equipe apreendeu duas facas e uma pequena quantidade de maconha, escondida numa lata de descongestionante. Ninguém ficou detido.

O comandante da Guarda Municipal, Paulo Farias Medeiros, destacou a importância do aprimoramento do efetivo municipal. “O preparo nas ações ostensivas tem sido fundamental para os resultados que a nossa guarda municipal tem obtido”, concluiu. O treinamento também envolveu abordagem a pedestres e motociclistas.

O prefeito em exercício, Keko do Armazém, acompanhou a operação pela manhã. “O objetivo da nossa gestão é termos cada vez mais, uma guarda municipal qualificada. Razão pela qual a Prefeitura pretende ampliar os investimentos em equipamentos da corporação, valorizando ainda mais esse efetivo”, ressaltou Keko.

Operação conjunta da PM, polícia civil e guarda municipal vem possibilitando a prevenção de ações criminosas, apreensão de drogas e armas, além de trabalhos de investigação no Cabo de Santo Agostinho.  A guarda do Cabo foi a primeira no Estado a obter o direito ao uso de arma. De acordo com Paulo Farias Medeiros, a capacitação da equipe que é composta por 100 homens armados, ampliará a atuação em defesa da população. “A guarda armada está presente na preservação do patrimônio público, trânsito e ambiental. É parte do nosso efetivo de aproximadamente 300 homens”, diz.
O curso que durou duas semanas, ofereceu atualização sobre legislação de trânsito, código penal, conduta da patrulha, primeiros socorros e armamento. O instrutor de Técnicas Operacionais da Guarda, Sidiclei Alves, diz que o curso prepara os profissionais para prestar um melhor serviço à população.

 

Texto: Ana Cristina Lima

Fotos: Gilberto Crispim