Realizada nesta quarta-feira (11/07), no Auditório do Centro Administrativo Municipal – CAM 1, a audiência pública para as propostas da Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO teve como objetivo estabelecer metas e prioridades para o direcionamento financeiro do ano seguinte, com a finalidade de orientar a elaboração dos orçamentos fiscais e da seguridade social do investimento do poder público. Na ocasião, estiveram presentes os secretários municipais, vereadores e membros da sociedade civil organizada.

A LDO passa por três eixos tidos como prioridades: dimensão social, dimensão econômica sustentável e gestão pública. Quem não pôde ir à audiência, tem a possibilidade de entregar novas propostas até o dia 17 de julho no site institucional da Prefeitura. Após a análise, as propostas serão enviadas até 01 de agosto à Câmara Municipal, onde passarão por aprovação dos vereadores.

A secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Catarina Dourado, explicou a importância da realização da audiência. “Este é um processo dinâmico e democrático que precisa estar se renovando. A LDO é um norte para construirmos a Lei Orçamentária Anual (LOA). Por isso estamos aqui em um processo de aperfeiçoamento, dando alguns ajustes e recebendo novas propostas, tudo em prol de uma cidade ainda melhor”, disse.

Texto : Luana Oliveira

Fotos: Léo Domingos